21 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro São Paulo: Boulos se descola de França, humilha o PT e sonha...

São Paulo: Boulos se descola de França, humilha o PT e sonha com 2º turno

O ex-presidenciável Guilherme Boulos (PSOL), que nunca ganhou uma eleição, largou bem na disputa pela prefeitura de São Paulo, segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 8, um dia antes do início do horário eleitoral gratuito.

O líder do movimento nacional dos sem-teto (MTST)  aparece com 12% das intenções de voto, atrás apenas do prefeito Bruno Covas (PSDB), que tem 21%, e do deputado federal Celso Russomanno (Republicanos), que aparece com 27% – estes dois estão empatados dentro da margem de erro, que é de três pontos percentuais.

Boulos está empatado tecnicamente com o ex-governador Márcio França (PSB), que tem 8%, mas a diferença entre eles era inexistente no levantamento anterior do instituto, em 21 e 22 de setembro – naquela época, França e Boulos tinham 9%.

O representante do PSOL avança no eleitorado de esquerda, inclusive sobre simpatizantes do PT, principalmente em razão do desempenho pífio do candidato petista, Jilmar Tatto, que tem apenas 1% – ele tinha 2% no levantamento anterior. Outro candidato da esquerda, Orlando Silva (PCdoB), também tem 1%.

O desempenho de Boulos surpreende porque na única eleição que disputou até agora, para presidente da República em 2018, ele chegou em 10º lugar entre 13 candidatos, com 0,58% dos votos, menos da metade do que obteve o Cabo Daciolo, do Patriota (1,26%).

Também aparecem abaixo de Boulos na corrida os candidatos Arthur do Val, do Patriota (3%), Andrea Matarazzo, do PSD (2%), Levy Fidelix, do PRTB (2%), Vera Lúcia, do PSTU (1%), Joice Hasselmann, do PSL (1%), Marina Helou, da Rede (1%), Antonio Carlos, do PCO (1%) e Filipe Sabará, do Novo (1%).

Entre os pesquisados, 12% disseram que votariam em branco ou nenhum, e 4% não souberam responder.

 

Continua após a publicidade

- Advertisement -