21 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro Corpo de idosa trocado por funerária e enterrado por engano por outra...

Corpo de idosa trocado por funerária e enterrado por engano por outra família vai ser exumado nesta quinta

Laboratório informou que a troca dos corpos aconteceu no transporte para os cemitérios. Família de Lúcia Maria vai ao cemitério acompanhar a exumação do corpo enterrado pelos parentes da idosa Maria Cecília. Corpo de idosa enterrado por outra família deve ser exumado nesta quinta (15)
O corpo de uma idosa trocado por uma funerária do Rio, e que acabou sendo enterrado por outra família, será exumado nesta quinta-feira (15). Os corpos de duas idosas seriam veladas e sepultados na terça-feira (13), mas a família de uma delas acabou percebendo o erro.
A outra família, que sofria com a perda de Dona Maria Cecília Pereira Martins, de 89 anos, não percebeu a troca e fez o enterro da outra mulher no Memorial do Carmo.
O erro fez com que as duas famílias se encontrassem nesta quarta-feira (14), no Instituto Médico-Legal (IML). Foi a família de Cristiane que percebeu a troca. A mãe dela, Lúcia Maria Pinto Varella de Figueiredo, de 76 anos, morreu no ultimo dia 12.
“Logo que a gente reparou a gente viu que não era a pessoa que nós deveríamos enterrar. Em primeiro lugar, nós ligamos para a funerária e para o laboratório e eles insistiram de maneira veemente, que era a dona Lúcia, mesmo com todas as características físicas sendo contrárias. Essa senhora tem cabelo curto, a minha avó tem cabelo longo, unha grande”, afirmou a advogada Juliana, neta da dona Lúcia Maria.
Familiares falam sobre troca de corpo de idosas
Ainda de acordo com ela, a família da dona Maria Cecília também percebeu diferença, mas foi convencida pela funerária que era a mesma pessoa.
A família da idosa Lúcia Maria vai ao cemitério nesta quinta, às 13h, junto com a Defesa Civil e com o delegado fazer a exumação do corpo enterrado pela família da dona Maria Cecília.
“Não tenho nem como mensurar o sofrimento que a família vem passando, eu, minha irmã, os meus tios, a minha prima. Você se deparar com um momento tão difícil como esse, com pandemia e tudo mais, a gente imediatamente quando olhou e viu que não era a minha mãe, foi um choque muito grande”, afirmou o filho André.
O corpo foi levado para o Laboratório de Tanatopraxia da Santa Casa de Nilópolis para passar por uma preparação para o enterro e a cremação. Só que os parentes afirmam que não foi o corpo de Dona Lúcia Maria que saiu de lá.
O laboratório informou que a troca dos corpos aconteceu no transporte para os cemitérios e disse ainda que lamenta o ocorrido e que todo o suporte está sendo dado às famílias.
VÍDEOS: Os mais vistos do Rio nos últimos 7 dias:

- Advertisement -