25.9 C
Rio de Janeiro
Home Economia Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA voltam a subir

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA voltam a subir


Números apontam que pandemia pode estar causando danos duradouros ao mercado de trabalho do país. O número de norte-americanos que entraram com novos pedidos de auxílio-desemprego aumentou inesperadamente na semana passada, o que pode elevar os temores de que a pandemia de Covid-19 esteja causando danos duradouros ao mercado de trabalho dos Estados Unidos.
Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego totalizaram 898 mil ajustados sazonalmente na semana encerrada em 10 de outubro, contra leitura de 845 mil na semana anterior, disse o Departamento do Trabalho dos EUA nesta quinta-feira (15).
Apesar de longe do pico da pandemia, quando mais de 6 milhões de pedidos chegaram a ser feitos em uma semana, os dados mostram que a crise vem se arrastando: os números seguem mais de três vezes acima do registrado em meados de março.
Novos pedidos de seguro desemprego nos EUA
Economia G1
Economistas consultados pela Reuters esperavam 825 mil solicitações de auxílio para a última semana.
Assista as últimas notícias de economia

- Advertisement -