24.9 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro Ponte Rio-Niterói registra quase 50 acidentes com caminhões durante a pandemia; veículos...

Ponte Rio-Niterói registra quase 50 acidentes com caminhões durante a pandemia; veículos ainda estão sem restrição de tráfego no local


Ecoponte diz que há necessidade de readequar a passagem desses veículos, principalmente em horário de pico. Acidente com caminhão e nove carros causa congestionamento na Ponte Rio-Niterói
Acidentes envolvendo caminhões na ponte Rio-Niterói têm acontecido com frequência em horários de bastante movimentação de veículos no local. Desde o início da pandemia, quando os caminhões foram liberados a circular em qualquer hora do dia na via, já foram registrados quase 50 acidentes envolvendo caminhões.
De acordo com a Ecoponte, de março a outubro desde ano foram registrados 48 colisões com esses veículos de grande porte. A média é de seis acidentes por mês, ou seja, toda semana tem um acidente envolvendo caminhão na via.
Engarrafamento provocado por acidente entre caminhão e nove carros na Ponte
Reprodução/ Ecoponte
Se comparado ao mesmo período do ano passado, o aumento foi de apenas 11% (de março a setembro de 2019 foram 43 acidentes). A diferença é que agora esses acidentes têm impacto direto no trânsito das vias do Rio e de Niterói, que antes não tinha por conta dos horários alternativos, com pouca movimentação de veículos.
Na última semana, dois desses acidentes deixaram o trânsito caótico no local, um envolveu caminhão e nove carros, o outro foi um caminhão com três automóveis de passeio. Na quinta-feira (15), uma colisão com caminhão ocupou a faixa da Av. Brasil no acesso à Ponte Rio-Niterói.
Acidente causa trânsito na tarde desta quinta-feira (15) no acesso à Ponte Rio-Niterói
Reprodução/Centro de Operações
A decisão de liberar a circulação dos caminhões em qualquer horário durante a pandemia do novo coronavírus foi da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A medida foi tomada após o receio de desabastecimento e também para priorizar as entregas de produtos.
Restrições antes da pandemia
Antes do período do isolamento social, caminhões de dois eixos eram proibidos de passar pela Ponte das 4h às 10h da manhã, somente no sentido Rio de Janeiro, de segunda a sexta-feira. No sentido Niterói não havia restrição de horário para passagem.
Os veículos de três ou mais eixos não podiam transitar na rodovia das 4h às 22h, em ambos os sentidos e dia da semana, independentemente da carga ou da suspensão de um dos eixos. Atualmente, todos podem circular em qualquer horário do dia.
Ao G1, a Ecoponte, que administra a via, disse que com medidas de flexibilização e retorno gradual do fluxo, percebeu a necessidade de readequar a passagem desses veículos, principalmente em horário de pico.
“A resolução 5.885/2020 da Agência Nacional de Transportes Terrestres prevê que a flexibilização do tráfego de caminhões deve durar até que cessem as razões de saúde, independente de flexibilização. De qualquer maneira, a Ecoponte está conversando com a ANTT e Polícia Rodoviária Federal para propor um horário alternativo de passagem dos veículos pesados, para que não comprometa o abastecimento do Estado do Rio de Janeiro”, disse, em nota.

- Advertisement -