27.2 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro 'Coração arrasado', diz mãe de rapaz morto por bala perdida dentro de...

'Coração arrasado', diz mãe de rapaz morto por bala perdida dentro de casa no Rio


Disparo atingiu Caio Gomes Soares no peito após atravessar armário do quarto. Divisão de Homicídios investiga o caso. Estudante de 23 anos é atingido por tiros dentro de casa no Catumbi
A mãe do rapaz que morreu atingido por uma bala perdida dentro de casa, a empregada doméstica Maria José Andrade, afirmou que está com o coração arrasado com a morte do filho. O disparo atingiu Caio Gomes Soares, de 23 anos, no peito após atravessar o armário do quarto.
“Caio era um menino muito alegre. Onde ele chegava, ele roubava a cena. A alegria dele contagiava todo mundo (…) Hoje eu estou aqui no chão. Quem está falando aqui é uma mãe com o coração arrasado, mas que Deus vai dar muita força”, afirmou Maria José.
A mãe da vítima é paraibana e chegou ao Rio aos 15 anos. Ela teve dois filhos e não imaginava que iria perder um deles tão precocemente. A filha era fonoaudióloga e o filho, que morreu por volta das 7h desta segunda-feira (19), cursava educação física na Uerj.
Formado em Educação Física, Caio Gomes Soares foi baleado e morto dentro da própria casa, segundo a Delegacia de Homicídios da Capital.
Reprodução
“Eu falava para os meus dois filhos: ‘Eu não tenho nada. Eu não tenho uma casa, eu não tenho isso, não tenho aquilo, mas eu vou dar para vocês o que eu não tive. Porque eu nasci lá onde o vento faz a curva e não tinha estudo, mas eu vou dar para vocês o que eu acho que é: educação’. Vocês vão se formar, vocês vão ser alguém”, contou.
A Polícia Militar afirmou que foi a comunidade da Coroa, no Centro do Rio, porque recebeu a denúncia de que um policial era feito refém por bandidos. O caso não se confirmou, mas os PMs entraram em confronto com traficantes. A Divisão de Homicídios investiga o caso.
“Quando eu cheguei no trabalho, poucos minutos assim, com a minha ex-cunhada e minha filha dizendo que ele tinha tomado um tiro e aparentemente estava morto. Eu tomei um choque. Eu não sabia o que falar, o que fazer”, disse Maria José sobre como ficou sabendo do episódio.
Casa próxima a Morro da Coroa onde jovem foi atingido por tiro
Reprodução/ Google Images
O pai de Caio Gomes Soares, Carlos Roberto Soares, afirmou que a sensação é de que “o mundo acaba” ao saber da morte do filho.
“Não desejo isso para o meu pior inimigo o que eu estou passando agora. Não adianta reclamar de governo, porque não será a primeira e nem a última vez, vai acontecer sempre. Dentro de casa, se fosse na rua, ele foi morto dentro de casa, dentro de casa. Não dá, não dá para acreditar não dá para falar. O mundo acaba”, afirmou Carlos.
O corpo de Caio será enterrado nesta terça-feira (20) às 15h30 da tarde no Cemitério do Catumbi.

- Advertisement -