31.2 C
Rio de Janeiro
Home Economia Economia da Colômbia recua, contraindo 10,6% em agosto

Economia da Colômbia recua, contraindo 10,6% em agosto


Quase todas as atividades econômicas recuaram em agosto, especialmente as de varejo, construção, manufatura e agricultura. Soldado da Colômbia em foto oficial divulgada pelo Exército
Reprodução/Twitter/Exército Nacional da Colômbia
A economia da Colômbia encolheu 10,6% em agosto em comparação ao mesmo mês do ano anterior, à medida que o lockdown em razão do coronavírus na capital do país desacelerou a recuperação econômica, afirmou o governo nesta segunda-feira (19).
A queda anual em agosto foi maior do que a contração de 9,7% registrada em julho, disse a agência nacional de estatísticas (DANE).
Quase todas as atividades econômicas recuaram em agosto, especialmente as de varejo, construção, manufatura e agricultura, mas a DANE atribuiu grande parte da queda a várias quarentenas adotadas em bairros de Bogotá.
A Colômbia organizou um lockdown nacional entre março e agosto. As restrições foram gradualmente afrouxadas, mas o Produto Interno Bruto (PIB) encolheu 8,1% entre janeiro e agosto, disse a DANE.
O governo prevê que o PIB caia 5,5% neste ano. O banco central está menos otimista, prevendo uma retração entre 6% e 10%. O comitê do banco central local reduziu a taxa de juros em 250 pontos-base desde março, levando-a para a mínima histórica, de 1,75%.

- Advertisement -