25.3 C
Rio de Janeiro
Home Política Apoiado por ACM Neto, Bruno Reis é líder disparado na eleição em...

Apoiado por ACM Neto, Bruno Reis é líder disparado na eleição em Salvador

O vice-prefeito Bruno Reis (DEM), candidato apoiado pelo atual prefeito, ACM Neto (DEM), aparece como superfavorito na disputa pela prefeitura de Salvador, segundo levantamento do instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta terça-feira, 20.

Ele tem 52% das intenções de voto, o que seria suficiente para lhe conferir a vitória no primeiro turno caso a votação fosse hoje. Em segundo lugar, aparece a major Denice Santiago (PT), candidata apoiada pelo governador Rui Costa (PT), com 10,6%.

Como a margem de erro da pesquisa é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, a major aparece empatada tecnicamente com o deputado federal Pastor Sargento Isidório (Avante), que tem 9,3%, e a deputada estadual Olívia Santana (PCdoB), que tem 4,3%.

Na sequência, aparecem o vereador Cezar Leite (PRTB), com 2,7%), o deputado federal João Carlos Bacelar (Podemos), com 2,4%, o deputado estadual Hilton Coelho (PSOL), com 1,5%, Celsinho Cotrim (Pros), com 0,4%, e Rodrigo Pereira (PCO), com 0,4%.

!function(e,t,s,i){var n=’InfogramEmbeds’,o=e.getElementsByTagName(‘script’),d=o[0],r=/^http:/.test(e.location)?’http:’:’https:’;if(/^/{2}/.test(i)&&(i=r+i),window[n]&&window[n].initialized)window[n].process&&window[n].process();else if(!e.getElementById(s)){var a=e.createElement(‘script’);a.async=1,a.id=s,a.src=i,d.parentNode.insertBefore(a,d)}}(document,0,’infogram-async’,’//e.infogr.am/js/dist/embed-loader-min.js’);

Avaliação e rejeição

Tanto o padrinho político de Bruno Reis quanto o de Denise Santiago vão muito bem de popularidade, segundo o Paraná Pesquisas. O prefeito tem 77,4% de ótimo ou bom, 13,7% de regular e apenas 7,1% de ruim/péssimo. Já o governador ostenta 66,4% de ótimo ou bom, 21,3% de regular e 10,3% de ruim/péssimo.

Talvez até por isso, tanto Bruno Reis quanto Denice Santiago estão entre os candidatos à prefeitura com baixas taxas de rejeição, com respectivamente  11,3% e 13,4% do eleitorado afirmando que não votariam neles para prefeito.  O campeão de rejeição é o Pastor Sargento Isidório, com 42,4%, seguido de Bacelar, que tem 22,7%.

Continua após a publicidade

- Advertisement -