27.6 C
Rio de Janeiro
Home Economia Bolsas de NY recuam com negociações sobre estímulos fiscais no foco

Bolsas de NY recuam com negociações sobre estímulos fiscais no foco


O Dow Jones fechou em queda de 0,35%, enquanto o S&P 500 recuou 0,22% e o Nasdaq caiu 0,28%. Bandeira dos EUA em frente à Bolsa de Chicago
John Gress/Reuters
Os índices acionários de Nova York fecharam em queda nesta quarta-feira (21), depois de oscilarem ao longo da sessão, com os investidores avaliando as perspectivas de aprovação de um pacote de estímulos fiscais nos Estados Unidos.
O Dow Jones fechou em queda de 0,35%, a 28.210,82 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,22%, a 3.435,56 pontos, e o Nasdaq caiu 0,28%, a 11.484,69 pontos.
As ações foram impulsionadas na terça-feira (21) pelos comentários da presidente da Câmara dos Deputados dos EUA, a democrata Nancy Pelosi, que disse que “todos queremos chegar a um acordo.
Nossa economia precisa disso”, em entrevista concedida na tarde de terça (20) à agência Bloomberg. “Estou otimista”, acrescentou.
Mas a maioria dos investidores parece bastante cética de que um acordo possa ser aprovado — e muito menos implementado — antes da eleição presidencial, marcada para o dia 3 de novembro.
Mesmo que Pelosi e a Casa Branca cheguem a um acordo, o projeto ainda precisaria passar pelo Senado americano, e a expectativa é que vários dos senadores republicanos rejeitem o pacote, sobretudo se ele se aproximar dos US$ 2 trilhões, como é esperado.
“Apesar do tom otimista e de um ligeiro estreitamento das diferenças, as chances de um estímulo fiscal pré-eleitoral continuam sendo muito baixas”, disse o economista-chefe de política para os Estados Unidos do Goldman Sachs, Alec Phillips. Segundo ele, algumas das maiores divergências entre as partes permanecem sem solução e um acerto não parece particularmente próximo.
Phillips afirma que a principal área de progresso nos últimos dias foi sobre os testes de Covid-19 e rastreamento. “No entanto, as questões mais espinhosas — ajuda fiscal aos Estados e proteções de responsabilidades — ainda estão pendentes e não há indicação de que as diferenças tenham diminuído desde a semana passada”, disse o analista.
Além das negociações de estímulos em Washington, os investidores continuam atentos também à temporada de balanços do terceiro trimestre.
A ação da Netflix fechou em queda de 6,92%, depois que a companhia reportou, na noite desta terça-feira, após o fechamento em Wall Street, que o crescimento do número de assinantes desacelerou no terceiro trimestre. O lucro da companhia subiu para US$ 1,74 por ação, mas ficou aquém das expectativas, de US$ 2,13 por ação, de acordo com dados da FactSet.
Já a ação da Verizon recuou 0,87%, com a companhia reportando uma queda dos lucros no terceiro trimestre, a US$ 1,05 por ação. A ação chegou a abrir a sessão em alta, com os analistas apontando que a receita estável no período alimenta a confiança na resiliência do setor, mas virou para terreno negativo ao longo da sessão.
Já a ação da Snap disparou e fechou em alta de 28,30%, depois da companhia reportar que a sua receita cresceu mais de 50% no trimestre, excedendo significativamente as expectativas dos analistas.

- Advertisement -