25.5 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro Dois entregadores são baleados durante serviço próximo ao Complexo do Chapadão

Dois entregadores são baleados durante serviço próximo ao Complexo do Chapadão

Vítimas estão internadas no Hospital Getúlio Vargas, na Penha. Motorista perdido e dois entregadores são baleados em comunidades
Dois entregadores foram baleados no momento em que estavam trabalhando nesta quarta-feira (21), na Zona Norte do Rio. Antônio Luís da Silva, Carlos Mendes e Jurandir estavam levando um caminhão de cervejas a um bar no Complexo do Chapadão quando sofreram o ataque. Apenas Jurandir não foi ferido.
Antônio estava há apenas 20 dias na nova empresa. Ele levou um tiro na perna direita e Carlos foi atingido na mão esquerda. As vítimas foram socorridas pelos funcionários do depósito e lavadas para UPA de Ricardo de Albuquerque. Depois elas foram transferidas para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha.
Testemunhas contaram ao RJ2 que, ao saírem do depósito de bebidas onde faziam a entrega, Antônio e o colega foram baleados. O tiro teria partido da polícia, mesmo com os encarregados uniformizados.
A Polícia Militar diz que só ficou sabendo do caso depois que foi avisada pela unidade.
“Nós sabíamos da operação e paramos, encerramos a entrega…aí parou, começamos a descarregar o carro e mandou bala no meu amigo, no outro amigo, e só não fui atingido porque estava na baia do caminhão(…)pior momento da minha vida, estou pedindo demissão hoje, pedi demissão, não volto”, contou Jurandir.
Outro caso
Na manhã desta quarta-feira (21), um homem foi baleado nas costas ao pegar um atalho na Avenida Brasil e entrar na Cidade Alta, comunidade da Zona Norte do Rio. Ele encontrou uma barricada e tentou dar meia-volta, mas bandidos abriram fogo contra o carro.
Cristiano Coimbra, gerente de Projetos do jornal O Globo, saiu de Itaipava, na Região Serrana, e seguia para uma reunião, no Centro do Rio, quando foi atingido. A vítima está internada, em estado grave.

- Advertisement -