- Advertisement -
26 C
Rio de Janeiro
Home Economia Maia diz que presidente do BC negou vazamento de conversa e afirma...

Maia diz que presidente do BC negou vazamento de conversa e afirma confiar em Campos Neto

Presidente da Câmara fez a afirmação em rede social onde, mais cedo, disse que Campos Neto não estava ‘à altura’ de presidir um banco de país sério. Maia acusa presidente do BC de vazar conversa entre os dois em rede social
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou em nova postagem em rede social na manhã desta quinta-feira (29) que, por telefone, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse não ter vazado a conversa do dia anterior entre os dois.
“Recebi há pouco ligação do presidente do BC afirmando que ele não divulgou à imprensa a nossa conversa. Diante da palavra do presidente, o vazamento certamente foi provocado por terceiros. Deixo aqui registrado a ligação e a confiança que tenho nele”, publicou Maia.
A postagem foi feita cerca de meia hora após Maia, também na rede social, acusar o chefe do BC de divulgar para a imprensa uma conversa por telefone entre os dois:
“A atitude do presidente do Banco Central de ter vazado para a imprensa uma conversa particular que tivemos ontem não está à altura de um presidente de Banco de um país sério.”
Como apurou Gerson Camarotti, colunista do G1 e comentarista da GloboNews, Maia e Campos Neto conversaram nesta quarta-feira (28) sobre o cenário político e os impactos na economia.
No telefonema, segundo apurou o colunista, o chefe do BC alertou o presidente da Câmara sobre os reflexos para a economia e para os mercados da dificuldade política em se avançar na pauta do ajuste fiscal.
Maia foi direto na resposta: “Ligou para a pessoa errada. Quem está obstruindo a pauta é a base do governo.”
Ao G1, a assessoria de imprensa do Banco Central informou que o presidente da instituição não comentará o episódio.
VÍDEO: veja as últimas notícias de política

- Advertisement -