- Advertisement -
24.4 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro Covid-19: Rio tem a maior taxa de mortalidade do país, segundo Fiocruz

Covid-19: Rio tem a maior taxa de mortalidade do país, segundo Fiocruz

O estado do Rio exibe a maior taxa de mortalidade pela Covid-19 do país, de acordo com levantamento do MonitoraCovid-19, ferramenta de monitoramento da fundação, que acompanha o avanço da doença pelo Brasil. No total, o estado apresenta 131 mortes por 100 000 habitantes, estando, portanto, à frente de São Paulo, com 91,7 mortes por 100 000 pessoas (embora, em números absolutos, seja o estado líder em óbitos em função do vírus). Ou seja, o dado da ferramenta indica que, no atual estágio da epidemia, o Rio é a unidade da federação com mais óbitos pela doença levando em conta a proporção de óbitos em relação à população.

+Covid-19: testes grátis começam nesta sexta (4)

Por meio de nota técnica, emitida na quarta (2), o MonitoraCovid-19 alertou que o sistema de saúde fluminense entrou em colapso diante do aumento no número de casos. Para se ter uma ideia, na região metropolitana, 172 pessoas aguardavam na fila por um leito de UTI do Sistema Único de Saúde na quinta (3) e a taxa de ocupação das unidades intensivas na rede privada já chegou a 98%.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

No mesmo documento, a Fiocruz alertou acerca do panorama do Rio. Durante grande período da pandemia, o município ficou atrás de São Paulo, capital, no índice de mortes diárias. Nas últimas duas semanas, o quadro se inverteu. Ou seja, são sessenta óbitos no Rio e 35 na capital paulista, com quase o dobro da população carioca.

Continua após a publicidade

- Advertisement -