18.2 C
Canoas
Home Economia Bilhões de dólares do BC afegão estão fora do alcance do Talibã

Bilhões de dólares do BC afegão estão fora do alcance do Talibã


Comunicado financeiro mais recente mostra que o Banco Central do país detém cerca de US$ 10 bi em ativos totais (incluindo US$ 1,3 bi em ouro e US$ 363 milhões em reservas cambiais). Afegãos esperam horas para tentar sacar dinheiro em frente a um banco em Cabul, em 15 de agosto de 2021, no dia em que o Talibã entrou na capital do Afeganistão e assumiu o poder
Rahmat Gul/AP
O Talibã assumiu o controle do Afeganistão com velocidade surpreendente, mas parece improvável que o o grupo extremista tenha acesso rápido à maioria dos ativos do Banco Central do país.
O comunicado financeiro mais recente mostra que o Banco Central afegão detém cerca de US$ 10 bilhões em ativos (mais de R$ 50 bilhões na cotação atual), segundo a agência de notícias Reuters.
O valor inclui US$ 1,3 bilhão (R$ 6,8 bilhões) em reservas de ouro e US$ 363 milhões (R$ 1,9 bilhão) em reservas cambiais, com base na cotação de 21 de junho (data do relatório).
VEJA TAMBÉM:
SANDRA COHEN: Entenda como o Talibã quadruplicou sua arrecadação em 5 anos
O que é o Talibã, grupo extremista que voltou ao poder no Afeganistão
Talibã reprime 1º protesto com violência; há pelo menos 3 mortos
Cambista segura maço de dinheiro em rua no centro de Cabul, capital do Afeganistão, em 2 de abril de 2014
Tim Wimborne/Reuters
O presidente em exercício do BC do Afeganistão, Ajmal Ahmady, diz que as reservas totais do país eram de US$ 9 bilhões na semana passada. No fim de abril, elas somavam US$ 9,4 bilhões segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI).
Ahmady, que fugiu do país no domingo (15), afirmou nesta quarta-feira (18) que a maioria dos ativos é mantida fora do Afeganistão.
“Dado que o Talibã ainda está nas listas de sanções internacionais, espera-se que tais ativos sejam congelados e não estejam acessíveis a eles”, escreveu a autoridade monetária em uma rede social.
“Podemos dizer que os fundos acessíveis ao Talibã são talvez 0,1% a 0,2% do total das reservas internacionais do Afeganistão. Não muito”, afirmou Ahmady.
Reação internacional
Na segunda-feira (16), uma fonte do governo Joe Biden afirmou à agência de notícias France Presse que os talibãs não terão acesso às reservas monetárias do BC afegão mantidas em contas nos Estados Unidos.
Na terça-feira (17), o governo alemão anunciou a suspensão da ajuda financeira ao Afeganistão, que é uma fonte crucial de financiamento para o país.
Só o Banco Mundial tem mais de 20 projetos de desenvolvimento em andamento no país e forneceu US$ 5,3 bilhões, desde maio de 2002, principalmente em doações.
“O Afeganistão depende enormemente da ajuda externa”, afirmou Vanda Felbab-Brown, especialista em política externa do The Brookings Institution, à France Presse.
Felbab-Brown ponderou que “o acesso a fundos econômicos internacionais será crucial” e cortá-los terá “enormes consequências humanitárias e consequências para o desenvolvimento humano e econômico” do país.
VÍDEOS: as últimas notícias internacionais

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow