18.2 C
Canoas
Home Economia Bovespa fecha no menor patamar desde abril com riscos políticos e fiscais

Bovespa fecha no menor patamar desde abril com riscos políticos e fiscais


Nesta quarta-feira (18), o principal índice da bolsa recuou 1,07%, aos 116.642 pontos. Painel da B3 – Bovespa
Nelson Almeida/ AFP
O principal índice de ações da bolsa de valores de São Paulo, a B3, fechou em queda de 1,07%, aos 116.642 pontos, nesta quarta-feira (18), em meio à continuadas preocupações com os cenários político e fiscal no Brasil. Esse é o menor patamar desde 1º de abril (115.253 pontos).
A Vale atuou entre as maiores pressões de baixa neste pregão, com queda acima de 3%, na esteira do declínio dos preços do minério de ferro na China.
Com o resultado, a bolsa acumula queda de 4,24% na semana e de 2% no ano.
Já o dólar fechou em forte alta e voltou a passar de R$ 5,35.
Cenário
Nesta quarta, as expectativas do mercado giram em torno da divulgação da ata última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed), que pode oferecer sinais sobre quando o banco central norte-americano começará a reduzir os seus estímulos. O documento também podem trazer os estágios iniciais da discussão sobre quando aumentar a taxa de juros da maior economia do mundo.
Na China, os contratos futuros do minério de ferro negociados na China recuaram mais de 4% e atingiram o menor patamar desde 24 de março, pressionados por um aumento nos estoques em portos e por restrições à produção de aço.
Por aqui, permanecia no radar dos investidores a escalada da tensão política e as preocupações com a trajetória da dívida pública.
A Câmara dos Deputados adiou mais uma vez nesta terça-feira (17) a votação do projeto de reforma do Imposto de Renda de Pessoa Físicas, empresas e investimentos, em meio às divergências e críticas ao projeto. Analistas tem alertado que as últimas mudanças gerariam perda de arrecadação do governo, um revés adicional à já delicada situação das contas públicas – elemento que há tempos tem mantido prêmio de risco na taxa de câmbio.
O plenário da Câmara aprovou, entretanto, em segundo turno, a proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece a retomada das coligações nas eleições proporcionais (de deputados e vereadores). O textos segue para análise do Senado.
Como a crise institucional provocada por Bolsonaro impacta a economia
Miriam Leitão sobre reforma do IR: ‘Proposta está longe de um consenso’
Variação do Ibovespa em 2021
G1
Variação do Ibovespa em 2021
G1

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow