24.2 C
Rio de Janeiro
Home Brasil Sensores inteligentes: o que representam para a construção civil? Josué Eraldo da...

Sensores inteligentes: o que representam para a construção civil? Josué Eraldo da Silva fala sobre

Sensores inteligentes, diz respeito aos processos tecnológicos que facilitam a detecção de qualquer falha ao que se relaciona a segurança do profissional inserido no cenário de obras.

Para Josué Eraldo da Silva, o uso dessa tecnologia na Engenharia Civil se destaca pela presença dos sensores inteligentes no canteiro de obras que guiam para um sistema de automação capaz de garantir a segurança e precisão nos processos.

Dessa forma, esse sistema estabelece uma relação em prol da proteção dos trabalhadores que estão inseridos no contexto de um canteiro de obras, no qual ainda é possível, utilizar os sensores para o monitoramento de temperatura corporal ou indicar impacto nos capacetes. 

Sua eficiência é constatada na medida em que oferece auxílio na medição do nível de concreto em determinada área, conquanto, de acordo com Josué Eraldo da Silva, os sensores inteligentes podem ajudar na execução de alguma ação predefinida quando detecta a entrada apropriada.

Também conhecido como tecnologia vestível, o sistema pode englobar sensores que são instalados em capacetes, no qual esses sensores possuem a capacidade de aviso caso  aconteça algum impacto no momento de trabalho do funcionário.

Como já mencionado sobre o sensor térmico, há ainda a vantagem sobre os relógios de pulso, que podem atuar como um controlador ou monitorador sobre a temperatura corporal do usuário e, por meio desse sistema, pode ajudar a evitar a exaustão térmica. 

Esses são alguns exemplos sobre o que está sendo investido no mercado atual. O uso desses sistemas ainda é usado em poucos lugares no mundo, porém, a inteligência dessa tecnologia permite uma visão mais ampla na qual é possível constatar a grande vantagem sobre o seu uso.

Com tantos problemas presentes em um canteiro de obras, a tecnologia atual permite mais proteção e cuidado com a vida de todos os responsáveis por tornar a obra em um projeto materializado. Como gerente da empresa Jacitara, Josué Eraldo da Silva entende que a ocorrência de falhas e descuidos é muito comum na construção civil, o que permite para o segmento um tipo de “solução” efetiva.

Para qualquer empreendimento, esse sistema pode ser considerado um dos mais eficientes e inteligentes já experimentados no mercado construtivo, o que torna a possibilidade desse recurso algo necessário e que merece ser investigado e explorado por todos. Não se trata apenas de mais produtividade e eficiência nos processos de construção, mas sim de algo renovador que é capaz de gerar melhores resultados de forma segura e ágil.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here