16 C
Canoas
Home Rio de Janeiro Casas desabam após forte chuva em Campos; volume 17 vezes maior do...

Casas desabam após forte chuva em Campos; volume 17 vezes maior do que o esperado para 24h


Imóveis estavam no mesmo terreno, no Parque Lebret. Três membros da família que sofreram ferimentos leves foram atendidos pelos bombeiros e acolhidos por vizinhos. Três pessoas ficaram feridas após desabamento de duas casas no Parque Lebret, em Campos, devido a forte chuva
Prefeitura de Campos/Divulgação
Duas casas localizadas no mesmo terreno no Parque Lebret, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, desabaram após serem atingidas por uma forte chuva que atingiu a cidade entre 23h30 desta segunda-feira (16) e 2h desta terça (17). Três membros da família que sofreram ferimentos leves foram atendidos pelos bombeiros e acolhidos por vizinhos.
Segundo a Defesa Civil, o volume de 85,5 mm de chuva foi 17 vezes maior do que o esperado para as 24h de segunda (5 mm) e mais do que o dobro previsto para todo o mês de agosto, com base no ano de 2020 (33,17 mm).
Os outros dois pontos que registraram maior incidência foram Dores de Macabu (73,2mm) e Jardim Carioca (48,8mm). O Secretário de Defesa Civil, coronel Alcemir Pascoutto, está realizando vistoria em diversos pontos da cidade.
A equipe de engenharia da Defesa Civil foi até o local onde as casas desabaram para avaliar a área e fazer os encaminhamentos necessários.
Também houve alagamentos, com chamados dos moradores nos bairros Jardim Carioca, Julião Nogueira, Centro e Novo Jóquei. Segundo a Defesa Civil, apesar do escoamento mais lento pelo fato do município ser uma planície, pela manhã quase todos os pontos já haviam retomado a normalidade.
“Estamos colhendo os frutos de nosso trabalho árduo. Seguindo a orientação do prefeito Wladimir Garotinho, temos focado na prevenção. Mesmo com esse volume de chuva completamente inesperado para o período, em poucas horas vimos a maioria dos locais retomar a normalidade. Seguiremos trabalhando para que o sistema de drenagem atue em sua capacidade máxima e, com isso, os reflexos das chuvas sejam cada vez menores”, pontuou o secretário de Defesa Civil, coronel Alcemir Pascoutto.
A Defesa Civil alerta para que, em casos de alagamentos, a população acione o órgão a qualquer hora do dia ou da noite pelos telefones 199 ou (22) 98175-2512.
A Defesa Civil informa que dados sobre chuva são atualizados ao longo do dia, e que, até o começo da tarde, não havia previsão de chuva para esta terça-feira (17).

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow