16.9 C
Canoas
Home Política Cegueira dá lucro, mas o preço é alto

Cegueira dá lucro, mas o preço é alto

O mercado financeiro apoiou Jair Bolsonaro acreditando que Paulo Guedes promoveria um choque liberal na economia.

Na economia, o governo Bolsonaro continuou o mesmo paquiderme burocrático e ineficiente de sempre. Na política e nos costumes, Bolsonaro está realizando o governo mais antiliberal dos últimos cinquenta anos.

Depois de mais de dois anos de silêncio obsequioso, o mercado financeiro parece ter enfim acordado para o fato de que Bolsonaro está no caminho de destruir a democracia, e, junto com ela, vai acabar por destruir o país e a economia. De modo que a Federação dos Bancos se propôs a subscrever um acanhado, quase banal, manifesto a favor da harmonia entre os Poderes.

Foi o que bastou para Pedro Guimarães — o mais impudentes dos bajuladores de Bolsonaro — ameaçasse retirar a Caixa Econômica e o Banco do Brasil da Febraban e intimidasse banqueiros para demovê-los da ideia de assinar o tal manifesto. O responsável pela indicação de Guimarães, o homem que passou o conto do vigário do projeto liberal, Paulo Guedes, continua a fazer cara de paisagem.

Há aí uma moral e uma lição para o empresariado. Moral e lição já ensinadas muitas vezes no decorrer da história, sendo os exemplos da Itália e da Alemanha dos anos 20 e 30 os mais famosos.

Cegueira deliberada pode até dar lucro a curto prazo, mas o preço é alto.

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow