16 C
Canoas
Home Economia Governo prevê R$ 3,9 bilhões para compra de vacinas contra a Covid-19...

Governo prevê R$ 3,9 bilhões para compra de vacinas contra a Covid-19 em 2022

Quantia reservada é 86% menor que o valor gasto com imunizantes em 2021. Proposta de orçamento do próximo ano será enviada nesta terça-feira (31) ao Congresso Nacional. O governo federal reservou R$ 3,9 bilhões no orçamento de 2022 para a compra de vacinas contra a Covid-19, informou o secretário de Orçamento Federal do Ministério da Economia, Ariosto Culau. A quantia é 86% menor que o valor autorizado para a compra de vacinas em 2021, de R$ 27,79 bilhões. Em 2020, foram gastos R$ 2,22 bilhões para esta finalidade.
Segundo Culau, o valor previsto para compra de imunizantes contra a Covid-19 em 2022 é resultado de uma proposta do Ministério da Saúde. “Temos reduzido a dependência de medidas extraordinárias [orçamento de gastos extras por conta da pandemia]”, declarou.
Segundo o secretário de Orçamento Federal do Ministério da Economia ainda não há estudos conclusivos sobre a necessidade de aplicação de uma dose de reforço para toda população.
“O ministro da Saúde [Marcelo Queiroga] tem falando na aplicação de doses de reforços em alguns públicos selecionados. Alguns países têm adotado estratégias diferenciadas. Só Israel tem uma estratégia de dose de reforço ampla. Há incertezas sobre a terceira dose”, declarou Culau.
O secretário de Orçamento disse ainda que o governo já tem todos recursos necessários para a aplicação de duas doses em toda população em 2021 e que estão sobrando vacinas para a dose de reforço. “Parte das doses previstas para esse ano podem ser antecipadas para dose de reforço”, explicou.
Culau observou também que não se sabe quais vacinas poderiam ser compradas, pois os preços variam de US$ 4 a US$ 15 por dose, dependendo do fabricante.
O secretário explicou que há um “conjunto de variáveis” a serem definidas na estratégia para aplicação da dose de reforço, pois não está definido no orçamento qual o tipo de vacina será comprada e o seu público alvo.
“Agora é importante deixar claro, o ministro Paulo Guedes [da Economia] tem dito em várias situações, e esse tem sido o posicionamento da área técnica do Ministério da Economia, que não vão faltar recursos para a vacinação”, acrescentou.
Área de saúde
De acordo com o Ministério da Economia, os R$ 3,9 bilhões para compra de vacinas em 2022 estão dentro de um aumento total de R$ 10,7 bilhões para a área de saúde no próximo ano — dos quais R$ 7,1 bilhões por conta da pandemia. Além da vacinação, estão previsto recursos para assistência de média e alta complexidade e tratamento das sequelas da Covid.
Em 2020, o governo destinou R$ 42,7 bilhões para os gastos extraordinários da Saúde com a pandemia da Covid-19, valor que recuou para R$ 25,94 bilhões neste ano (dos quais R$ 14,2 bilhões foram pagos até esta terça-feira).
VÍDEOS: notícias sobre economia

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow