18.2 C
Canoas
Home Rio de Janeiro Homem suspeito de liderar quadrilha de roubos a joalherias é preso em...

Homem suspeito de liderar quadrilha de roubos a joalherias é preso em Petrópolis, RJ; quinto suspeito está foragido


Com essa prisão, chega a quatro o número de presos envolvidos com a quadrilha. Prejuízo nos roubos é de R$ 3 milhões, segundo a polícia. A Polícia Civil de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, prendeu na noite da última terça-feira (27), o homem suspeito de liderar a quadrilha especializada em roubos a relojoarias e joalherias da cidade.
O suspeito foi preso em Secretário, localidade do distrito de Pedro do Rio, por policiais da 105ª DP, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Criminal de Petrópolis.
Uma das joalherias alvo dos criminosos teve prejuízo de meio milhão de reais, segundo a Polícia
Lucas Machado
Segundo a Polícia, o homem é suspeito de idealizar e liderar pelo menos cinco roubos a joalherias cometidos em janeiro, março e maio de 2021. As ocorrências resultaram em um prejuízo de R$ 3 milhões.
De acordo com as investigações, o suspeito é morador de classe média do distrito de Itaipava, e fazia o levantamento dos estabelecimentos pessoalmente.
Ainda segundo a polícia, o homem também servia de ‘batedor’ para os demais suspeitos fugirem em segurança para a comunidade do Parque União, na capital, onde as joias eram vendidas.
Uma das ações aconteceu em maio, quando os criminosos trocaram tiros com a polícia após um assalto a uma joalheria no centro da cidade. Na época, uma adolescente foi atingida.
Três dos suspeitos de integrarem a quadrilha foram presos no início desse mês, numa operação da PM que também teve troca de tiros. Naquela ocasião, a Polícia Civil apurou que os homens teriam vindo à Petrópolis a fim de cometer outro roubo.
A Polícia Civil um cartaz de procurado com a foto do quinto suspeito de integrar a quadrilha
Divulgação|Polícia Civil
Um quinto suspeito de integrar a quadrilha, identificado como Rangel Neves da Cunha, morador do Parque União, no Rio, continua foragido.
Rangel é suspeito de pilotar os carros usados nos roubos e repassar as joias aos traficantes das comunidades Parque União e Nova Holanda, segundo a polícia.
As investigações da 105ª DP continuam, com o objetivo de identificar outros roubos e também a rede de receptadores das joias.
Denúncias anônimas podem ser feitas para os telefones (21) 2253-1177 e (24) 99250-0697 (WhatsApp).

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow