27.5 C
Rio de Janeiro
Home Mundo Explosões deixam ao menos 17 mortos e 400 feridos na Guiné Equatorial

Explosões deixam ao menos 17 mortos e 400 feridos na Guiné Equatorial

Uma série de grandes explosões atingiu uma base militar na cidade de Bata, na Guiné Equatorial, neste domingo 7 e matou ao menos 17 pessoas e deixou mais de 400 feridas. Segundo o presidente Teodoro Obiang Nguema, o incidente foi resultado do uso negligente de dinamite.

Quatro fortes explosões destruíram os edifícios do acampamento em Bata e muitas casas nas redondezas. Muitas crianças, mulheres, homens, idosos fugiram do local. Em um hospital em Bata, muitos feridos estavam sendo atendidos em meio ao caos

Na área das explosões, telhados de ferro foram arrancados das casas e ficaram retorcidos em meio aos escombros. Apenas uma ou duas paredes permaneceram em pé na maioria das residências.

Imagens da emissora TVGE mostraram equipes de resgate puxando pessoas de pilhas de entulho, algumas enroladas em lençóis. Picapes lotadas com sobreviventes, entre eles crianças, se dirigiam ao hospital local.

É “um acidente provocado por negligência da unidade encarregada de armazenar explosivos, dinamite e munições”, afirmou Teodoro Obiang Nguema, em nota lida na televisão estatal TVGE. Pelas redes sociais, o governo pediu que trabalhadores da saúde na região se voluntariem nos hospitais para tratar os feridos. O ministério da saúde também pediu por doações de sangue urgentes.

Continua após a publicidade