20.4 C
Rio de Janeiro
Home Mundo Rússia liberta brasileiro preso no país desde fevereiro de 2019

Rússia liberta brasileiro preso no país desde fevereiro de 2019

O presidente Jair Bolsonaro anunciou neste domingo, 2, que o governo russo libertou Robson Nascimento de Oliveira, brasileiro que estava preso no país desde fevereiro de 2019. Robson foi condenado por contrabando e tentativa de tráfico de drogas por ter levado para a Rússia duas caixas do remédio Mytedom (cloridrato de metadona), que é proibido no país do leste europeu, mas legal no Brasil.

Robson é ex-motorista do jogador de futbeol Fernando, que atuava no Spartak Moscou. A substância que ele carregava na bagagem foi comprada pela família do atleta no Brasil para ser entregue a ele na Rússia.

O motorista diz que não sabia que os remédios estavam na mala, que lhe foi entregue no aeroporto, fechada. Robson chegava ao país pela primeira vez quando foi preso no aeroporto.

Em dezembro, Robson foi condenado a 3 anos de prisão.  Em outubro, o governo brasileiro chegou a enviar uma carta ao governo de Vladimir Putin pedindo a soltura do motorista.

Neste domingo, Jair Bolsonaro anunciou que Robson já foi liberado e está na embaixada do Brasil em Moscou. Ele deve retornar ao Brasil ainda nesta semana.

Em um pronunciamento a jornalistas, o presidente afirmou que o motorista recebeu um indulto. “Como hoje é o dia de Páscoa ortodoxa na Rússia, uma data importante para eles, eles aproveitam esse momento para conceder esse tipo de indulto”, disse Bolsonaro.

Continua após a publicidade