20.9 C
Rio de Janeiro
Home Mundo Uma das mansões mais caras de Beverly Hills vai a leilão

Uma das mansões mais caras de Beverly Hills vai a leilão

Tudo tem seu preço e tudo está à venda, principalmente quando se trata de mansões em Beverly Hills, na ensolarada Califórnia, terra de astros e estrelas de Hollywood. Uma das mais caras, e que está indo à leilão nesta semana, não pertence a nenhum artista de cinema, mas a Steven Udvar-Hazy, bilionário da aviação. A magnífica propriedade tem uma casa principal de quase 2 000 metros quadrados, fincada em um terreno vinte vezes maior, com treze quartos, dezessete banheiros e oito lavabos, fora as dependências para hóspedes.

Localizada em North Beverly Park, a região mais exclusiva de Los Angeles, Villa Firenze foi projetada pelo arquiteto William Hablinski e, tendo em vista seu porte e acabamento — com fontes, arcos florentinos, teto catedral e piso em mármore —, ela fará com que o futuro proprietário se sinta mesmo em uma vila de Florença, capital da Toscana, na qual o premiado designer se inspirou. Além disso, ela conta com amenidades típicas de mansões, como piscina, quadra de tênis, bar, academia e vagas para dezenas de carros.

Todo esse glamour italiano, entretanto, não foi suficiente para conquistar o coração de outros bilionários: ao preço de 160 milhões de dólares (quase 900 milhões de reais), ela foi posta à venda há dois anos, sem interessados até o momento. Em leilão on-line até 2 de fevereiro, foi listada na condição “no reserve”, ou seja, o dono aceita vender abaixo do preço mínimo. Nada como ser flexível nos negócios.

Publicado em VEJA de 3 de fevereiro de 2021, edição nº 2723

Continua após a publicidade