16 C
Canoas
Home Política O que está por trás do mais recente atrito entre Bolsonaro e...

O que está por trás do mais recente atrito entre Bolsonaro e Mourão

A relação entre o presidente Jair Bolsonaro e seu vice, Hamilton Mourão, já não estava na melhor fase, mas azedou de vez depois que o general se encontrou fora da agenda na última terça-feira com o ministro Luís Roberto Barroso, o principal desafeto do capitão no Judiciário. A reunião foi revelada pelo jornal “O Estado de S.Paulo”.

No sábado, como se sabe, Bolsonaro anunciou nas redes sociais que levaria nesta semana ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, um pedido para abrir processos de impeachment contra Barroso e o ministro Alexandre de Moraes, ambos do STF e do TSE.

Na tarde do mesmo dia, como revelou o colunista Guilherme Amado, do Metrópoles, o presidente mirou sua artilharia contra Mourão, ao envia um meme debochando do vice para uma lista de ministros, assessores e aliados.

Na montagem, Bolsonaro e Walter Braga Netto aparecem lado a lado em suas fotos oficiais com as legendas “comandante supremo das Forças Armadas” e “ministro da Defesa”, respectivamente”. Abaixo deles, Mourão aparece de boné, óculos escuros e sem camisa, com a inscrição “vice”.

Na manhã desta segunda-feira, o presidente conversava com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, antes de viajar para assistir ao treinamento da Operação Formosa, em Goiás, quando um deles comentou aleatoriamente:

“Respeito é uma coisa de mão dupla, presidente, o povo tem que entender isso daí”.

“Lealdade também”, respondeu Bolsonaro, sem especificar se se referia a alguém.

Mourão, que não se juntou à comitiva do presidente, chegou ao seu gabinete no Palácio do Planalto e parou para responder a jornalistas.

Sobre o encontro com Barroso, que ocorreu durante o desastrado desfile de veículos militares na frente do Planalto, o vice-presidente se limitou a comentar que os dois conversaram “sobre temas da atualidade”.

Questionado se Bolsonaro ficou irritado com a reunião, Mourão respondeu que encontrou o presidente no sábado, em um evento militar na Aman, e ele não disse nada.

“Eu prestei minha continência respeitosa a ele”, comentou o general, ao ser indagado se chegou a conversar com o presidente.

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow