24.8 C
Canoas
HomeEconomiaPrefeitura de Cascavel cria projeto para incentivar economia de água em meio...

Prefeitura de Cascavel cria projeto para incentivar economia de água em meio à crise hídrica


Segundo a prefeitura, proposta sugere desconto no IPTU de 2022 para moradores que tiverem redução no consumo de água. Projeto de lei será enviado à Câmara Municipal. Projeto de lei que será enviado à Câmara Municipal propõe desconto em IPTU para quem economizar água
Sidney Trindade/RPC
Um projeto foi criado pela Prefeitura de Cascavel, no oeste do Paraná, para incentivar a economia de água em meio à crise hídrica que a cidade enfrenta. A proposta foi apresentada na sexta-feira (3).
Segundo a prefeitura, o município sugeriu um projeto, em parceria com a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) e Companhia Paranaense de Energia (Copel), que ofereça desconto no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2022.
Prefeitura de Cascavel decreta situação de emergência por causa da estiagem
Em meio à estiagem, Cascavel abre licitação para contratar empresas de poços artesianos
De acordo com a medida, a ideia é dar desconto no imposto para as famílias que economizarem nos próximos quatro meses, em comparação com a média de consumo de janeiro a agosto.
Os moradores que economizarem 10% no consumo de água, terão o mesmo percentual de desconto no IPTU.
Além disso, se houver economia de 10% na energia, o desconto será de 20% até um limite de R$ 500, segundo o município.
Para que as medidas entrem em vigor, um projeto de lei será enviado à Câmara de Vereadores para permitir o desconto.
Estiagem
Produtores rurais enfrentam dificuldades por causa da crise hídrica
A Prefeitura de Cascavel informou que a crise hídrica que o município enfrenta é a mais intensa dos últimos 98 anos. Por isso, a iniciativa busca desacelerar os impactos da estiagem prolongada.
Atualmente, Cascavel não tem precisado do racionamento de água, mas tem enfrentado dificuldade no abastecimento da cidade. Por isso, a Sanepar pede que os moradores priorizem o consumo de água para humanos e animais.
De acordo com o presidente do Sindicato Patronal Rural, Paulo Orso, Cascavel tem déficit hídrico de quase um ano em termo de volume e, por isso, muitas propriedades estão com falta de água.
“Isso tem trazido enormes problemas no campo, porque temos a dificuldade das plantas se desenvolverem. Com isso, também as nascentes estão secando, mesmo aquelas preservadas, os córregos e rios secando. Aí todos os animais começam a sentir necessidade e nós não temos águas para fornecer”, contou.
VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR
Veja mais notícias da região no G1 Campos Gerais e Sul.

- Advertisement -spot_img

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow