20.6 C
Canoas
Home Rio de Janeiro Prefeitura do Rio lança Programa Geração Transformadora para 2,1 mil jovens e...

Prefeitura do Rio lança Programa Geração Transformadora para 2,1 mil jovens e com bolsa de R$ 600

Objetivo da Secretaria Municipal da Juventude é formar e estimular jovens de 14 a 29 anos a participarem de debates em várias áreas. Os escolhidos vão ajudar a criar soluções para a garantia de direitos, com foco no meio ambiente. A Prefeitura do Rio de Janeiro lançou nesta quinta-feira (26), no Museu de Arte do Rio (MAR), no Centro, o Programa Geração Transformadora. O objetivo é formar e estimular jovens de 14 e 29 anos a participarem de debates sobre causas importantes para o município, como saúde, educação e meio ambiente, por exemplo.
O programa vai ser dividido em dois projetos: o Laboratório de Inovação para Mediação Sociopolítica (Lab.JUV-Rio); e o Sementes do Amanhã. Ao todo, 2,1 mil jovens passarão por um processo de formação e receberão uma bolsa de R$ 600.
O programa só será terá início em novembro. Segundo o calendário divulgado, em setembro será feito o lançamento do edital para escolha da organização que ficará responsável por conduzir o projeto. Em outubro, essa instituição será definida.
Os dois projetos do programa foram desenvolvidos pela Secretaria Municipal da Juventude.
No Lab.JUV-Rio, a prefeitura vai democratizar o acesso dos jovens aos espaços de debate público. Os cariocas de 15 a 29 anos vão poder participar de espaços de escuta ativa, virtuais e presenciais para a construção conjunta de ideias que gerem impacto social.
A 1ª edição vai tratar das demandas que estão sendo debatidas mundialmente por meio da Agenda 2030 da ONU. A ideia é apresentar os 17 ODS, que estão divididos de forma equilibrada em três dimensões: social, econômica e ambiental.
A duração total do programa é de 60h e a meta é que 900 jovens participem do Lab.JUV-Rio até 2024, cada um recebendo bolsa auxílio.
“No Labjuv Rio a gente quer que a juventude debata a cidade para além da juventude. Saber como a juventude está enxergando a cultura, lazer, saúde. Como a juventude está enxergando a cidade”, comentou o secretario de juventude Salvino Oliveira.
Já o programa Sementes do Amanhã é voltado para a educação ambiental e pretende promover iniciativas lideradas pelos jovens participantes, por meio de um programa de aceleração, com fomento para 15 projetos selecionados.
Eles terão que propor soluções para os desafios ambientais que impactam diretamente a comunidade.
O ciclo de formação será de 40h, de encontros virtuais e oficinas práticas presenciais, com a meta de atingir 1,2 mil jovens até 2024.
Além dos encontros e oficinas, o projeto prevê a realização de visitas técnicas a viveiros e hortas, nas quais os participantes poderão conhecer o trabalho de produção de mudas nativas e de alimentos orgânicos, e conhecer as ações de preservação e resiliência realizadas pela Prefeitura do Rio.
“Falar sobre aquecimento global e derretimento de geleira ainda está muito distante dos nossos jovens de favelas e periferias. A gente precisa que os nossos jovens debatam justiça ambiental no território. E entendam que as enchentes estão atreladas as mudanças ambientais. Com esse projeto a gente pretende levar esse debate para a ponta. A partir dessa qualificação, ampliar e levar esse debate para dentro dos colégios, coletivos e sua família”, explicou o secretário da juventude.
As inscrições para as formações das turmas serão disponibilizadas nos canais oficiais de comunicação da JUVRio (@juvrio).

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow