18.2 C
Canoas
Home Economia Produtores do Paraná devem importar milho após impactos da seca na safrinha

Produtores do Paraná devem importar milho após impactos da seca na safrinha

No estado, a quebra na previsão da colheita é de 60%. O cereal é um dos principais componentes para a ração na pecuária. Produtores do Paraná devem importar milho após impactos da seca na safrinha
A queda histórica na produção de milho no Paraná está aumentando os custos para os criadores de animais que dependem do cereal para as rações.
Assista a todos os vídeos do Globo Rural
A estiagem, as pragas e as fortes geadas, que ocorreram no final do mês de junho e em julho, impactaram a produção do milho da safrinha. Apenas no estado, a quebra ficou em quase 60% em relação ao que estava previsto.
Para atender a demanda do Paraná, os criadores terão que trazer de fora pelo menos 4 milhões de toneladas de milho. A maior parte deve vir do Paraguai, da Argentina e de outros estados produtores.
A Coopavel Cooperativa Agroindustrial, uma das maiores do Paraná, diz que isso vai subir ainda mais o preço da ração, pois a importada custa R$ 105,00 enquanto a do Paraná é, em média, R$ 95,00.
Saiba mais na reportagem completa no vídeo acima.
VÍDEOS: mais assistidos do Globo Rural

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow