30.2 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro Carnaval com crianças… em casa

Carnaval com crianças… em casa

Gigantes da Lira, Fanfinha, Bloco da Praça, Spantinha… o circuito de blocos de Carnaval para as crianças é quase tão vasto quanto o do adultos. A esta altura do ano, muitos pais já estariam quebrando a cabeça para bolar fantasias criativas para os seus pequenos. Mas eis que surge uma pandemia impensável e obriga a todos a ficarem recolhidos. Este ano não tem confete e serpentina em praça pública.

No entanto, a situação oferece uma possibilidade real e rara de interação entre pais e filhos. Ok, depois de quase um ano com as famílias trancadas em casa você pode se questionar: mais interação?! A questão não é apenas a quantidade de tempo de convívio, mas a qualidade deste tempo. No corre-corre do cotidiano para dar conta de todas as atividades, muitas vezes é mais prático sentar a criança diante da televisão ou do tablet e ter sossego para dar conta daquele relatório que você está devendo no trabalho. Não é a esse tempo que me refiro. Você já parou para pensar o que você e seu filho tem verdadeiramente feito juntos?

Aproveite este tempo para ensinar ao seu filho coisas que ele não encontra na internet: um jogo de tabuleiro, uma brincadeira com cartas, alguma atividade que você fazia com o seu pai quando era criança. Tudo isso cria um arcabouço emocional e referencial para a criança que jogo nenhum poderá dar, em nenhum tempo.

Pesquisas apontam que famílias que fazem as refeições juntas diminuem significativamente a chance de os filhos se envolverem com drogas. Como são os almoços e jantares na sua casa? Cada um come na hora que quer, diante da televisão ou vendo a rede social? Ou vocês estão aproveitando esse momento de tranquilidade para conversarem e estreitarem vínculos?

Especialistas tem sido unânimes em afirmar que essa geração tem a infância marcada por um trauma humanitário global. Enquanto viverem, as crianças lembrarão deste período de forma muito especial. Você já parou para pensar como você quer que seu filho se lembre do tempo que passou ao seu lado na pandemia? Foi um período criativo, estimulante e de aprendizado? Ou foram meses de isolamento diante da tela do computador?

A pandemia vai passar, seremos todos vacinados e em 2022 o Carnaval de rua estará de volta, para a alegria dos foliões – adultos e infantis! Enquanto esse dia não chega, aproveite para viver experiências reais e marcantes com seu filho.

Fabio Barbirato é psiquiatra pela ABP/CFM  e responsável pelo Setor de Psiquiatria Infantil do Serviço de Psiquiatria da Santa Casa do Rio. Como professor, dá aulas na Pós Graduação em Medicina e Psicologia da PUC-Rio. É autor dos livros “A mente do seu filho” e “O menino que nunca sorriu & outras histórias”. Foi um dos apresentadores do quadro “Eu amo quem sou”, sobre bullying, no “Fantástico” (TV Globo).

 

Continua após a publicidade