27.8 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro Covid: sem máscara, torcedores aglomeram para festejar título do Fla

Covid: sem máscara, torcedores aglomeram para festejar título do Fla

No dia mais letal da Covid-19 no país – foram 1582 novas mortes, o patamar mais alto desde o início da pandemia -, uma multidão vestida de vermelho e preto tomou os bares e ruas da cidade para assistir, na maioria das vezes, sem máscara, ao jogo do Flamengo. A partida valia o título do Campeonato Brasileiro, e mesmo com a derrota de 2×1 para o São Paulo, o time foi campeão.

Pressionado, Paes agora não descarta lockdown: ‘Farei o que for preciso’

Com a conquista, a aglomeração migrou para o Galeão. Ainda de madrugada, centenas de flamenguistas  aguardavam o voo que trouxe a equipe de volta para o Rio às 6:30. Vídeos publicados nas redes sociais mostram o desrespeito às regras de distanciamento social em bares, casas noturnas, e também no Aeroporto Tom Jobim.

Covid: Pazuello espera vacinar 170 milhões de brasileiros até o fim do ano

A prefeitura aplicou 25 multas em estabelecimentos no Leblon, na Gávea, Barra, Lapa e entorno do Maracanã. Mesas sem distanciamento adequado, pessoas consumindo bebidas em pé, ocupação de áreas externas sem autorização foram algumas das irregularidades encontradas.

+ Covid-19: Brasil tem novo recorde de mortes diárias, aponta Fiocruz

O infectologista Leonardo Weissmann, da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), alerta para o perigo de aglomerações “irresponsáveis” como as registradas antes, durante e depois da partida. “Estamos vivendo um momento crítico, de alta de casos e de óbitos, com novas variantes do vírus circulando. O risco é muito alto dessas pessoas se infectarem e transmitirem o vírus a outras pessoas ‘inocentes’, que estão em em casa, respeitando as recomendações”, diz.

Continua após a publicidade

Covid no BBB? Participantes perdem olfato e paladar e fazem testes

Continua após a publicidade