20.1 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro É lei: bares e boates do Rio terão de ter proteção a...

É lei: bares e boates do Rio terão de ter proteção a mulheres assediadas

Agora é lei: bares, restaurantes, boates e casas noturnas do Rio terão que ter, a partir de agora, uma equipe de proteção a mulheres vítimas de assédio. Sancionada pelo prefeito Eduardo Paes e publicada no Diário Oficial nesta terça (8), a nova lei, com texto do vereador Doutor Gilberto (PTC) determina que cada estabelecimento terá que indicar uma pessoa para acompanhar mulheres que se sentirem ameaçadas até o carro ou até o local de embarque em outro meio de transporte.

+Aqueça um coração: shoppings do Rio recebem doações de agasalhos

Caso a vítima peça, o responsável terá que acompanhá-la até um posto policial ou delegacia próxima. Segundo a lei, a empreitada deve colocar avisos e painéis com orientações ao público feminino que se sentir em situação de risco, a fim de que a pessoa procure o responsável pelo estabelecimento e relate o caso de assédio.

+Crivella: ex-prefeito pode ir da cadeia para a embaixada da África do Sul

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui