27.8 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro Em decreto, Prefeitura do Rio suspende volta do pedágio na Linha Amarela

Em decreto, Prefeitura do Rio suspende volta do pedágio na Linha Amarela

Em decreto publicado no Diário Oficial desta quarta (10), a Prefeitura do Rio mantém a suspensão da cobrança do pedágio na Linha Amarela até terça (16), quando está marcada uma audiência.

+Covid: Rio tem vacina até sábado (13) para quem tem 75 anos ou mais

É que a Lamsa reassumiu a operação da via na última sexta (5) após a decisão do ministro Luiz Fux de suspender o processo de encampação instaurado pela prefeitura e informou que a tarifa de R$ 7,20 voltaria a ser cobrada a partir desta sexta (12). Logo após a publicação, Eduardo Paes usou as redes sociais para informar os motoristas que a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) não autorizou a cobrança na via expressa até a realização da audiência, marcada para terça (16).

+Nova licitação da Linha Amarela será feita até junho, diz Paes

+Prepare o bolso: tarifa do Metrô Rio pode passar de 5 reais para 6,30

A Prefeitura do Rio já recorreu da decisão que devolve a administração da Linha Amarela para a concessionária. No entanto, a Lamsa argumenta que “a cobrança do pedágio é consequência lógica da prestação do serviço, que segue sendo realizado desde setembro de 2020 sem qualquer remuneração”.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade