17.6 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro Engenhão pode virar polo gastronômico, cultural e de lazer

Engenhão pode virar polo gastronômico, cultural e de lazer

Foi aprovado, em primeira discussão nesta quarta (9), durante sessão extraordinária da Câmara dos Vereadores, o projeto de lei que cria o polo gastronômico, cultural e desportivo e de lazer do Estádio Olímpico Nilton Santos, no Engenho de Dentro, popularmente conhecido como Engenhão.

+Picadura da Fiocruz: E a lista de nomes para blocos cada vez aumenta mais

Segundo a proposta, de autoria do vereador Rafael Aloisio Freitas (Cidadania), o Poder Executivo deverá apoiar a implementação do espaço, sobretudo quanto à adequação do trânsito para veículos e pedestres, aumentar a disponibilidade de vagas para estacionamento, delimitar e sinalizar treze vagas para food trucks e instalar sinalização vertical com indicação do polo.

Além disso, caso aprovado, caberá à prefeitura a organização da área de lazer, organização do comércio ambulante na rampa de acesso ao estádio e das atividades desenvolvidas por food trucks, além inclusão do polo no roteiro turístico oficial do Rio de Janeiro – Guia do Rio, além de outros detalhes.

+Carnaval 2022: Riotur divulga preços dos ingressos para setores turísticos

De acordo com Aloisio Freitas, o entorno do estádio, desde a obra de revitalização, tornou-se uma das principais áreas de lazer do bairro. “Tanto é que o projeto não aborda só a questão gastronômica, mas também a questão cultural, esportiva e de lazer, reconhecendo a importância que o estádio adquiriu para aquela região”, justificou.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui