26.9 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro Grife carioca cria linha de roupas da Mangueira para ajudar agremiação

Grife carioca cria linha de roupas da Mangueira para ajudar agremiação

Com 800 postos de trabalho no Carnaval de 2020, a Estação Primeira de Mangueira, assim como outras agremiações, foi duramente impactada pelo cancelamento da folia neste ano. Para amenizar a lacuna de receita, a escola de samba lança, em parceria com a grife Reserva, uma coleção inspirada na tradicional verde e rosa. 

+Microempresários de gastronomia terão acesso a curso de negócios gratuito

A collab traz treze camisetas estampadas (R$ 129,00 cada), cartões-postais e um tênis nas cores da agremiação, para adultos, além de camisetas infantis sob a etiqueta da Reserva Mini. Tudo inspirado em fantasias usadas por grandes nomes da história da escola. O lucro obtido com a venda das peças será revertido para a escola. Além disso, a parceria prevê um QR Code para que os entusiastas possam doar qualquer valor diretamente para a Mangueira.

Mangueira e Reserva: são treze camisas com estampas variadasDivulgação/Divulgação

+Sem folia, blocos cariocas lançam campanha por distanciamento social

“A Reserva e a Mangueira contam histórias através da roupa, cada uma à sua maneira. É como a gente se expressa e se comunica com o mundo. Que honra e que alegria contribuir de alguma maneira para que o legado da Mangueira seja protegido e para que a escola permaneça viva neste e em todos os outros carnavais”, diz o CEO do grupo, Rony Meisler.

Uma das estampas: o clássico abre-alas da escolaDivulgação/Divulgação

Aos que comparem algum item será dado um acesso a aulas com os mestres da escola. Entre os temas das oficinas estão adereços, customização, samba no pé e percussão. As oficinas serão transmitidas ao vivo nos dias 18, 19, 22 e 23 de fevereiro.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade