26.8 C
Rio de Janeiro
Home Rio de Janeiro Novas restrições: em decreto, Paes proíbe banho de mar e esportes na...

Novas restrições: em decreto, Paes proíbe banho de mar e esportes na areia

Nesta sexta (19), a Prefeitura do Rio publicou no Diário Oficial um decreto que determina o fechamento das praias para conter o avanço da pandemia do novo coronavírus na cidade. As novas regras se somam às decretadas uma semana atrás e são válidas para este fim de semana (da meia-noite de sábado, 20, até as 5h de segunda, 22). O prefeito Eduardo Paes estuda ainda a antecipação dos feriados de abril.

Está proibido, portanto, permanecer na areia da praia (banho de sol) e praticar esportes (altinho, beach tenis, futevôlei, frescobol, por exemplo), banho de mar e atividades econômicas por ambulantes e barraqueiros. 

+Coronavírus: Paes admite que pode anunciar ‘fechamento completo da cidade’

Além disso, o estacionamento na orla foi suspenso, com exceção para moradores, idosos, portadores de necessidades especiais, hóspedes de hotéis e táxis. As áreas de lazer nas pistas das avenidas Delfim Moreira, Vieira Souto e Atlântica, além do Aterro do Flamengo, também estarão fechadas.

+Covid: medidas restritivas no estado do Rio são prorrogadas por uma semana

As regras em vigor acerca do funcionamento de outras atividades na cidade não sofreram mudanças. Caminhadas pelo calçadão, por exemplo, estão liberadas e quiosques podem abrir normalmente. Assim como no Carnaval e no Réveillon, Paes restringe a entrada de ônibus e outros veículos de fretamento (a ideia é montar pontos de bloqueios nos acessos à cidade) – as exceções são para aqueles prestadores de serviços regulares de empresas ou hotéis (passageiros, no entanto, devem comprovar a reserva de hospedagem).

+Covid: pressionado, Paes mantém restrições mas amplia horário de bares

As medidas foram anunciadas depois que o Rio bateu, novamente, o recorde de internações simultâneas nesta quinta (18) em UTIs da rede pública e contratados pelo SUS na rede particular em função de complicações pelo novo coronavírus. A ocupação de leitos de UTI na rede SUS na capital — incluindo municipais, estaduais e federais — era de 95%.

Valem até segunda (22), quando haverá uma reunião da prefeitura com um comitê científico, as regras anteriormente divulgadas. São elas:

– Proibida a permanência de indivíduos nas vias, áreas e praças públicas do município entre 23h e 5h;

Continua após a publicidade

– Suspensa a realização de eventos, festas e atividades transitórias em áreas públicas e particulares, incluindo-se as rodas de samba; as boates, casas de espetáculo e congêneres

– Bares, restaurantes e afins podem funcionar até as 21h, com delivery depois desse horário

Atividades econômicas escalonadas:

– Serviço das 8h às 17h

– Repartições públicas das 9h às 19h

– Comércio (incluindo shoppings) das 10h30 às 21h

– Restrição de 40% da lotação máxima em todas as atividades

– Proibida a venda ou comercialização de bebida alcoólica em bancas de jornais e revistas

– A limitação de horários no comércio não vale para serviços 24 horas em conveniências e postos de combustíveis. A partir das 21h, no entanto, não se pode consumir nos locais.

+Para receber VEJA RIO em casa, clique aqui

Continua após a publicidade