16.9 C
Canoas
Home Rio de Janeiro Acusado de racismo, Bioparque retira estátuas de negros em espaço africano

Acusado de racismo, Bioparque retira estátuas de negros em espaço africano

Estátuas de pessoas negras que faziam parte do reprodução da savana africana no BioParque do Rio (o antigo Jardim Zoológico) foram retiradas do espaço a pedido da deputada federal Taília Petrone (PSOL). Ela enviou um ofício à administração, no qual afirmava que a representação junto aos animais é ofensiva e ajudaria a construir analogias com o exótico e a animalização.

Boa notícia: Erasmo Carlos vence a Covid-19, recebe alta e já está em casa

Ainda de acordo com o documento assinado pela deputada, as estátuas remeteriam a situações vergonhosas do passado, “quando crianças e adultos negros eram expostos em apresentações sem dignidade.” Ela pediu a imediata retirada das reproduções, em tamanho natural, de famílias de pessoas negras em meio aos animais – o que foi feito nesta segunda (6).

Mansão de Xuxa é vendida por 45 milhões de reais; adivinha quem comprou?

Em nota, o Bioparque afirma que ambiente savana africana “é um dos espaços imersivos que busca trazer a representação daquele continente, com elementos que configuram seus aspectos culturais, representando as suas tribos locais.” Diz ainda que “diante das ponderações levantadas”, iria avaliar a revisão deste material temático. Leia o comunicado na íntegra:

Covid-19: vacinação de adolescentes no Rio será retomada na quarta (8)

“O BioParque do Rio tem um propósito genuíno que contextualiza diversos ecossistemas, com o destaque para a conservação através de projetos de pesquisa e educação que está sendo demonstrado em um novo conceito de zoológico, em um ambiente cultural que reflete na sustentabilidade em sentido amplo.

Patricia Poeta é internada às pressas e passa por cirurgia de emergência

O ambiente Savana Africana é um dos espaços imersivos que busca trazer a representação daquele continente, com elementos que configuram os aspectos culturais desta região, representando as suas tribos locais.

Diante das ponderações levantadas, o Bioparque do Rio avaliará a revisão do material temático na representação do continente Africano e reiteramos nosso compromisso com a sociedade e com o público que nos visita para que a experiência seja de aprendizado e respeito.”

+ Para receber VEJA Rio em casa, clique aqui

 

 

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow