16.2 C
Canoas
Home Rio de Janeiro Líder do tráfico em Duque de Caxias é gravado ordenando ataque a...

Líder do tráfico em Duque de Caxias é gravado ordenando ataque a policias militares: 'Mata um deles aí'

Áudios são de escutas da polícia, autorizadas pela Justiça. De acordo com a corporação, a voz é do chefe do tráfico na comunidade da Vila Sapê. Operação contra traficantes realizada nesta quarta (18) prendeu seis suspeitos em Duque de Caxias. Líder do tráfico em Duque de Caxias é gravado ordenando ataque a policias militares: ‘Mata um deles aí’
A Polícia Civil e o Ministério Público realizaram nesta quarta-feira (18) a Operação Domínio Final, contra lideranças do tráfico em duas comunidade de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Seis suspeitos foram presos e sete criminosos indiciados já estavam encarcerados.
Os investigadores passaram mais de um ano acompanhando a movimentação dos traficantes. Em escutas autorizadas pela Justiça, os bandidos são ouvidos planejando ataques a policiais militares.
Nas redes sociais, os policiais rastrearam bandidos que faziam questão de mostrar armas e munição. Em uma conversa por telefone, gravada com autorização da Justiça, um dos chefes do tráfico autoriza um subordinado a atirar em policiais militares.
“Esses cara aí, eles não podem entrar na favela, não. Se eles tomar um tiro dentro da favela, não vai dar em nada! Matar um deles aí. Papo reto mesmo”, diz o criminoso.
Em outro áudio, o bandido ordena um ataque a policiais: “Aí, mano, avisa a todo mundo da boca aí. Tem que ser rápido. Os ‘cana’ tá na mata da Sapê. Junta as pistolas e bota para dentro do mato”, diz ele.
Segundo a polícia, a voz é de Diony Lopes Torres, o “Playboy”, apontado como chefe do tráfico na comunidade da Vila Sapê, que está foragido. Ele responde por tráfico internacional de drogas e de armas.
Entre os indiciados que já estavam presos está Gilberto Soares Alves, o “Caveirinha”. Investigações apontam que ele chefiava o tráfico em Parada Angélica e que dava ordens de dentro da prisão.
Os policiais entraram nesta quarta (18) na Vila Sapê, e também em Parada Angélica, no distrito de Imbariê, para cumprir 28 mandados de prisão e 27 de busca e apreensão. Contas bancárias usadas pelos criminosos foram bloqueadas.

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow