11.1 C
Canoas
Home Rio de Janeiro Operação no Rio mira ferros-velhos, contra comércio clandestino e receptação de cobre

Operação no Rio mira ferros-velhos, contra comércio clandestino e receptação de cobre

Alvos da Polícia são empresas que compram os materiais saqueados. Na última semana, SuperVia viveu crise devido ao furto de cabos. A Polícia Civil do Rio faz operação nesta quarta-feira (8) para reprimir o comércio clandestino e a receptação de materiais metálicos, principalmente o cobre, em mais de 50 ferros-velhos na capital e na Baixada Fluminense.
Supervia já paralisou 862 viagens por furto de cabos em 2021
Governo regulamenta lei que cria cadastro de ferros-velhos
‘Não tem cobre’: placa de empresa de telefonia faz alerta a bandidos
Os alvos, segundo a polícia, são estabelecimentos comerciais que são os primeiros a adquirirem os materiais saqueados de empresas de serviço público.
A operação ocorre uma semana após a SuperVia interromper, por três dias seguidos, a operação de trens devido ao furto de cabos.
A investigação tem como objetivo sufocar a receptação de materiais como cabos de cobre, baterias estacionárias, cabos de fibra ótima, materiais de ferrovias, geradores, transformadores e placas metálicas.
A operação foi batizada de “Caminho do Cobre II” e conta com policiais das delegacias de Roubos e Furtos (DRF), Proteção ao Meio Ambiente (DPMA) e Defesa dos Serviços Delegados (DDSD). Na primeira fase da operação, oito pessoas foram presas.

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow