12.7 C
Canoas
Home Rio de Janeiro Polícia obtém decisão que autoriza a transferência dos traficantes My Thor e...

Polícia obtém decisão que autoriza a transferência dos traficantes My Thor e Charles do Lixão para presídio federal


Transferência foi determinada pela Vara de Execuções Penais (VEP). Charles do Lixão foi citado em conversas de ex-secretário de administração penitenciária preso pela Polícia Federal. Charles do Lixão, traficante do Comando Vermelho preso no Rio de Janeiro
Reprodução/Arquivo Pessoal
O Governo do Estado, por meio da Polícia Civil, obteve nesta terça-feira (31) uma decisão judicial que permite a transferência dos traficantes Marco Antônio Pereira Firmino da Silva, o My Thor, e Charles da Silva Batista, o Charles do Lixão, para o sistema penitenciário federal. As unidades para onde eles serão levados e a data da transferência ainda não foram definidas.
Traficante My Thor foi preso em 2007 e voltou em março para o sistema prisional do Rio
Reprodução/Arquivo Pessoal
A transferência foi autorizada pela Vara de Execuções Penais (VEP) da Justiça do Rio. Segundo a Polícia Civil, informações de inteligência indicam que os dois continuam como vozes ativas da cúpula do Comando Vermelho no Estado, e dando ordens de dentro dos presídios do Rio.
Charles do Lixão foi citado recentemente em conversas gravadas do ex-secretário de Administração Penitenciária, Raphael Montenegro, em conversas com traficantes da mesma facção no presídio federal de Catanduvas, no Paraná.
Em conversa gravada com alguns dos líderes da facção, Montenegro afirma que ouviu de Charles que este “retomaria seu espaço” na favela do Lixão, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.
Ele ainda disse que, após Charles retornar para a prisão no Rio, negociou com o traficante para que não vendesse mais crack na região da comunidade.
“A gente cobrou do Charles, pô Charles, tá tendo problema com o crack ai na sua região. Ele falou ‘ Pô, o crack é minha boca mais rentável’ … Então tá tendo um problema, vamos resolver?”, lê-se no relatório.
Nas investigações da Polícia Federal, que resultaram na prisão de Montenegro e outros servidores, Charles diz que “só quer vender” drogas:
“Pô seu secretário meu negócio é o seguinte, eu só quero vender minhas paradinhas e tocar minha vida”.
My Thor
Marco Antônio Pereira Firmino da Silva, o My Thor, está preso desde 2007 e é considerado um dos principais chefes do Comando Vermelho.
My Thor ficou famoso por ordenar, de dentro da cadeia, o resgate do irmão, Nicolás Pereira de Jesus, conhecido como “Fat Family”, de dentro do hospital Souza Aguiar, no Centro do Rio, em 2016.
O traficante, entre outros crimes, ficou conhecido pela execução da universitária Ruth Menezes Tentuge, quando estava preso em Bangu 1, na Zona Oeste do Rio, em abril de 2001.
Ele teria ordenado que André Maciel de Castro, conhecido como “Café”, e Alexandre Nascimento Andrezo, o “Xuxa”, ambos traficantes do morro dos Prazeres, em Santa Teresa, no Centro do Rio, matassem a ex-namorada porque desconfiava que tivesse sido traído por ela.
O corpo da estudante, filha de uma funcionária pública lotada no Palácio Guanabara, sede do governo do estado, foi encontrado em um terreno de Belford Roxo, na Baixada Fluminense.
O traficante comandava o tráfico de drogas no morros na Zona Sul e no Centro do Rio e foi preso em 2007. Depois de ser transferido para Catanduvas, no Paraná, voltou para o Rio em março de 2021.

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow