18.3 C
Canoas
Home Rio de Janeiro Caminhoneiros fazem protestos em estradas federais que cortam o Sul do Rio

Caminhoneiros fazem protestos em estradas federais que cortam o Sul do Rio

Manifestações foram registradas na Via Dutra, em Barra Mansa, e na BR-393, em Volta Redonda. Atos começaram na noite de quarta-feira e terminaram durante a madrugada desta quinta. Caminhoneiros que são a favor do governo do presidente Jair Bolsonaro e contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) fizeram uma manifestação no fim da noite de quarta-feira (8) em rodovias que cortam o Sul do Rio de Janeiro.
Na Via Dutra, em Barra Mansa, segundo a CCR NovaDutra, concessionária que administra a estrada, o ato começou por volta de 21h46 e se concentrou no km 275, na altura do bairro Bocaininha.
Ainda de acordo com a empresa, o trânsito no local chegou a ficar parcialmente interrompido, com a passagem apenas de veículos de passeio.
A lentidão no trecho chegou a pelo menos 1 km, mas, durante a madrugada desta quinta-feira (9), o tráfego já estava normalizado após o fim do protesto.
Na BR-393, em Volta Redonda, um grupo de caminhoneiros se reuniu no estacionamento de um posto de combustíveis, na altura do km 281, próximo ao bairro São Luiz, de acordo com a K-Infra, concessionária responsável pela estrada.
Não houve congestionamento no trecho, já que os manifestantes não ocuparam a rodovia. O ato começou por volta de 23h e terminou durante a madrugada, depois que os caminhoneiros voltaram a seguir viagem.
Até a publicação desta reportagem, não havia informações sobre quantas pessoas participaram dos atos nas duas rodovias.
Na manhã desta quinta-feira, não havia registro de protestos nas estradas que cortam o Sul e Costa Verde do Rio, segundo a Polícia Rodoviária Federal.
Clique aqui e siga o G1 no Instagram
VÍDEOS: as notícias que foram ao ar na TV Rio Sul

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow