14.5 C
Canoas
Home Economia Cavalos precisam de cuidados especiais para melhorar desempenho

Cavalos precisam de cuidados especiais para melhorar desempenho


Para chegar ao nível de excelência é preciso muito treinamento a ponto do animal fazer os movimentos sem muito esforço do cavaleiro. Treinador explica cuidados para melhorar o rendimento dos cavalos
TV TEM/Reprodução
A ligação desses animais com o homem vem de muito tempo atrás, do início da nossa história. Os cavalos lusitanos se destacam pela qualidade do trote e do galope. A postura do animal é ideal para competições esportivas e essa é a finalidade em um haras, em Salto de Pirapora (SP). São quase 50 animais usados em competições em todo o Brasil.
Para chegar ao nível de excelência é preciso muito treinamento a ponto do animal fazer os movimentos sem muito esforço do cavaleiro.
Antes de ir para a pista, a troca de energia é feita na baia. O cavaleiro participa de cada detalhe da preparação e o tempo é primordial para ter bons resultados.
Treinador explica cuidados para melhorar o rendimento dos cavalos
Um exemplar da raça lusitana está pronto para competições de alto nível a partir dos oito anos. É o caso do Ferragano Crystal, que tem nove e já foi vice campeão brasileiro no ano passado e em 2019 ficou em primeiro lugar na competição.
Nas competições de adestramento, o conjunto tem de fazer até 31 movimentos em no máximo sete minutos. As provas de alto nível exigem muito do físico do animal e da concentração do cavaleiro e o segredo está no detalhe de cada movimento.
Jeferson monta no cavalo há seis anos. Só depois de quatro anos com uma rotina de treino intensa é que os resultados expressivos começaram a aparecer.
Oc ampeão pan-americano de adestramento em 2008, Rogério, treina e adestra há mais de duas décadas passando os conhecimentos aos demais cavaleiros.
Outro cavalo, o Montryan, de um ano, em seis meses ele tropa, galopa, só que sempre para a frente, sem movimentos muitos sofisticados.
Treinador explica cuidados para melhorar o rendimento dos cavalos
TV TEM/Reprodução
O Ilustre está sendo treinado há três anos pelo Rogério, que já consegue alguns movimentos de maior precisão exigidos nas competições.
Segundo o especialista, um animal para competição ou adestrado para a lida do campo e passeio, neste caso, o mais indicado, é o Mangalarga Machador. Essa raça é conhecida pelo trote suave, a marcha batida é mais acelerada.
Na marcha picada é bem macia e ideal para iniciantes, e obtém a diferença do som do casco. O certo é começar o adestramento já nos primeiros meses de vida do animal.
Em um aras em Itu (SP), o Dickson é um apaixonado por margalarga, há quase quatro décadas. Tem nove anos que ele treina animais e comercializa. Com a pandemia, as vendas dobraram e já que tem mais gente no campo em busca de distanciamento.
Ele lembra que é preciso ter paciência para compreender o tempo do animal. Além disso, destaca que bons resultados dependem também de outros requisitos.
No aras ele tem animais de cinco gerações. Todos dóceis, para a família toda, mas vale lembrar: só o treinamento do animal não é suficiente se quem for montar não tiver trato e cuidado com o animal.
Acesse + TV TEM | Programação | Vídeos | Redes sociais
Confira as últimas notícias do Nosso Campo
VÍDEOS: veja as reportagens do programa

- Advertisement -

Conecte

0FansLike
7FollowersFollow